Você conhece a banda Leaving Eden?

Leia mais

Novo vídeo da banda Kamelot: Liar, liar

Leia mais

Novo vídeo da banda Angra

Leia mais

17 fevereiro 2015

Entrevista exclusiva com CADAVERIA!

Bom dia, amigos (as)! O Santuário do Metal está bombando de novidades, graças a Deus. Este mês temos uma entrevista inédita com a vocalista da banda homônima Cadaveria! É isso mesmo! Fiquei muito feliz por entrevistar uma vocalista incrível e uma pessoa que admiro. 

Cadaveria é uma banda italiana de gothic, death, black e horror metal, formada em 2001. Para ter acesso a biografia completa, clique no link a seguir: http://santuariodometal.blogspot.com.br/2012/07/cadaveria.html


Raquel: Esta entrevista será um pouco diferente das demais. Muito obrigado por aceitar o meu convite. Muito de seus fãs brasileiros lhe conhecem por ter sido a vocalista da banda OPERA IX e agora, por ser a líder de sua própria banda (CADAVERIA), ter uma voz de uma extensão potente, uma charme sombrio e por compor músicas que refletem dilemas tão presentes em nossas vidas.

CADAVERIA: Oi. É sempre muito emocionante descobrir que os nossos fãs encontram a si mesmos nas músicas que nós escrevemos. É uma experiência extraordinária  compartilhar os mesmos sentimentos com as pessoas que vivem em outro lado do mundo. A música pode fazer isso. E isto é mágico.

Raquel:Queremos conhecer e explorar um pouco por trás dessa mulher enigmática e saber também como está sendo os elogios, críticas e comentários a respeito do recente trabalho da banda Cadaveria, lançado em outubro de 2014, o cd SILENCE.
1) Qual a diferença e semelhança existente entre a vocalista da banda de horror metal Cadaveria e a mulher que assume esse posto de vocalista?

CADAVERIA: Há uma conexão perfeita entre estas duas entidades, uma vez que pertencem a uma única alma. Então, o fato de eu cantar o que eu sinto me faz revelar aos fãs através da minha música. Isso significa que eles já conhecem perfeitamente a mulher que está por trás de Cadaveria.

2) Me fale mais sobre sua infância, de quando você teve certeza que trilharia um caminho musical. Quais foram os preconceitos e dificuldades que você enfrentou para ser reconhecida atualmente?

CADAVERIA: Muitas coisas boas na vida acontecem por acaso. E por acaso eu comecei a cantar em um porão com a minha primeira banda Marciume há muitos anos. Eu tinha 18 anos de idade. Para ser honesta, é muito difícil  ser reconhecida hoje: 22 anos atrás, haviam menos bandas e a comunicação não foi baseada na Internet. Hoje em dia há uma grande oferta de novas bandas que nascem e morrem todos os dias. Nem sempre a qualidade é a razão pela qual alguns delas seguem em frente. A Internet pode distorcer a realidade. Hoje todo mundo pode fazer um registro e distribuí-lo na web. Isto provoca uma grande confusão.
3)Atualmente quais são seus gostos pessoais, musicais, literários?

CADAVERIA: Então eu gosto de música meditativa e articulada, mas, em geral, eu sigo o que chama a minha alma, o que me dá emoções e fascina minha mente.

4) Apesar de suas conquistas durante anos de carreira no cenário musical, existe ainda um sonho não realizado, mas que você ainda deseja que esse sonho se torne realidade?

CADAVERIA: Há muitos sonhos na minha gaveta, felizmente! Sem sonhos, seria impossível continuar na vida. Eu preciso continuamente de novos desafios e estou conduzida pelo desejo de melhorar a mim mesma.
5) Diante do caos do mundo/homem que você apresenta em algumas de suas músicas, se você pudesse, qual seria a principal mudança que você faria no mundo/homem?

CADAVERIA: Eu acho que a principal mudança poderia acontecer com uma revolução de consciências. Por exemplo começando a dizer a verdade, todo mundo. Sem mentiras o mundo seria melhor.

6) Cadaveria é uma das bandas mais famosas do estilo horror metal. Talvez algumas pessoas ainda não conheçam bem esse estilo musical. Você pode me explicar o porquê da banda Cadaveria se encaixa nesse estilo? Quais são as características do horror metal?

CADAVERIA: É sempre difícil para eu falar sobre o estilo Cadaveria, como nossa música nasce espontaneamente a partir de nossas almas. Nós certamente atravessamos o Black Metal, o Doom Metal passando pelo gótico e Death Metal. O aspecto Horror emerge da própria música. É uma questão de atmosferas evocadas pela música, uma questão de humor e sentimentos. Quando você pode ouvir a nossa música, você pode sentir como se estivesse em um vale obscuro, fugindo de sua mente, escapando seus pesadelos.
7) Achei muito interessante um vídeo que eu vi na internet, no qual você esclarece os temas que envolvem as músicas do álbum SILENCE. Nota-se a maturidade da banda Cadaveria neste cd, de acordo com as resenhas já divulgadas. Como foi o processo de composição dessas músicas? O que você leu (literatura), ouviu (influências musicais) , observou (da vida) que juntamente com o duelo entre a mulher e a artista Cadaveria, se transformou nas músicas que compõem SILENCE?

CADAVERIA: Não há duelo entre a mulher e a artista, como não há nenhuma máscara no meu rosto quando estou no palco e  agora uso uma máscara na vida. Então, tudo é muito transparente e clara. Pelo contrário, poderia haver um duelo entre mim e o resto do mundo, como às vezes eu me sinto extremamente sozinha aqui. Meus pensamentos não encontram outra mente que pense como o meu. E a razão é que todos nós somos únicos e comunicação e compreensão é um árduo e longo processo de vida. A principal fonte de inspiração para as letras de SILENCE era meu fluxo mental, as minhas considerações sobre uma série de temas como o destino, o uso que fazemos do tempo na vida, existência, morte ... Então, não havia tantas entradas externas retiradas de cinema, literatura e assim por diante, a entrada principal veio de mim e as coisas que eu vivo, eu acho, eu sonho.
8) Fale sobre a arte da capa deste álbum. Qual a simbologia existente?

CADAVERIA: Muitas bandas  compram artes pré-existentes para a sua obra ou apenas dão uma visão inicial do que querem para um artista visual e, em seguida, eles vêem o que ele criou. Nós não trabalhamos dessa forma e, em geral, não gostamos de usar desenhos, mas nós preferimos basear o trabalho artístico em uma imagem real. Eu desenvolvi a idéia a partir de um esboço, então eu pedi para fotografar e elaborar a foto de Christian Melfa, um artista italiano que eu aprecio muito e que é o mesmo autor de antigas fotos da banda. Eu gostei da ideia de um bobo da corte, uma figura sinistra que aparece em cartas de baralho, fazendo o gesto de silêncio. Como eu disse, neste álbum há muito sobre zombar e destino imprevisível. Eu coloquei esta figura em uma espécie de circo ou uma velha e abandonada luna de um parque, lugares que são frequentemente utilizados em filmes de terror e que estão vinculados a minhas memórias de infância.
9) Deixe uma mensagem para seus fãs brasileiros e para todos que curtem o blog "Santuário do Metal":

CADAVERIA: Nós recebemos muitas mensagens de vocês para tocar no seu país. Nós gostaríamos de fazer isso, mas não depende de nós. Por favor, peça ao seu promotor de eventos local para trazer Cadaveria a sua cidade. Eles são os mestres. Há um grupo ativo no FB agora perguntando qual banda você gostaria de ver ao vivo no Brasil. Por favor, entre no link  e junte-se a votação, para trazer  Cadaveria. Nos vemos lá! http://www.facebook.com/groups/darkdimensionsbrazil

Espero que tenha gostado desta entrevista. Um excelente 2015 para vocês!

CADAVERIA: Sim, muito obrigado!


Para mais matérias sobre Cadaveria, acesse os links:




Carnival Of Doom

Carnival Of Doom

Colors, transfigurations, the absurd, the freakCores, transfigurações, o absurdo, o freak
Come, come ladies and gentlemenVenha, venha Senhoras e Senhores Deputados
Merry-go-round and sweetsMerry-go-round e doces
Welcome to this crazy showBem-vindo a este show louco
Insane asylum for the voices of madnessManicômio para as vozes da loucura
Poetry and folly as antidotes to lifePoesia e loucura como antídotos para a vida
Vortex of vampires and of blood-soaked nursesVortex de vampiros e de enfermeiros encharcadas de sangue
This is the carnival of doomEste é o carnaval da desgraça
This journey begins after darknessEsta viagem começa após a escuridão
The beasts will soon dance in the fireOs animais, em breve dançar no fogo
This is the carnival of doomEste é o carnaval da desgraça
Colors, transfigurations, the absurd, the freakCores, transfigurações, o absurdo, o freak
Come, come ladies and gentlemenVenha, venha Senhoras e Senhores Deputados
Merry-go-round and sweetsMerry-go-round e doces
Fire-eaters, teddy bears, prizes and gunsComedores de fogo, ursos de pelúcia, prêmios e armas
Tumblers of the shadowsCopos de sombras
Contortionists of the spiritContorcionistas do espírito
Acrobats of destinyAcrobatas do destino
You’ll experiment the fascinationVocê vai experimentar o fascínio
Of this nirvana of noiseDesse nirvana de ruído
Jugglers of life playing with tarots of hopeMalabaristas da vida brincando com tarôs de esperança
A nirvana of noise.A nirvana de ruído.
This is the carnival of doomEste é o carnaval da desgraça

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Santuário do Metal - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Raquel Alves.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo