Você conhece a banda Leaving Eden?

Leia mais

Novo vídeo da banda Kamelot: Liar, liar

Leia mais

Novo vídeo da banda Angra

Leia mais

27 fevereiro 2013

Theatre of Tragedy

Theatre of Tragedy foi uma banda Norueguesa, da cidade Stavanger, fundada em 1992 e melhor reconhecida pelos primeiros álbuns lançados com forte influência para o estilo Gothic Metal. A banda utiliza-se de vocais masculinos guturais e vocais femininos liricos, de forma a ser considerada a primeira banda a usar o estilo "Bela e a Fera". Logo a banda mudou drasticamente de estilo adotando o rock industrial como padrão e assim abandonando as canções de death metal.

História


Theatre of Tragedy foi fundado em 1992 por Raymond István Rohonyi e Pål Bjåstad. Em 1993 o baterista Hein Frode Hansen deixou a sua banda Phobia e começou a procurar outro projecto musical. Um amigo seu disse-lhe que uma banda chamada Suffering Grief estava à procura de um baterista e Hansen juntou-se à banda.
Suffering Grief era composto por Raymond István Rohonyi, Pål Bjåstad e por Tommy Lindal. Nenhum baixista se havia juntado à banda, mas Eirik T. Saltrøtinha concordado em tocar com eles em concertos.
Depois de encontrarem um local de ensaio, a banda decidiu trabalhar com alguns arranjos de piano, compostos por Lorentz Aspen. Na altura os vocais eram quase todos guturais.
Quando a banda compôs a sua primeira canção "Lament of the Perishing Roses", mudou o nome para La Reine Noir e depois para Theatre of Tragedy. A cantora Liv Kristine Espenæs foi convidada para fazer os vocais femininos, e depressa se tornou num membro oficial.
Em 1994 a primeira demo foi gravada e em 1995 o primeiro álbum, Theatre of Tragedy, foi lançado. Em 1996 seguiu-se Velvet Darkness They Fear e A Rose for the Dead, que contém material não lançado de Velvet Darkness They Fear.
Em 1998, o lançamento do álbum Aégis é aclamado pela crítica, dito o melhor álbum da banda e até do estilo.
Em 2003 Liv Kristine Espenæs e o seu marido Alexander Krull formaram uma banda (Leaves's Eyes) juntamente com músicos da banda Atrocity.
Em Agosto deste ano Theatre of Tragedy torna-se uma banda de rock industrial. A banda declara, no seu website, que Liv Kristine Espenæs foi removida da constituição da banda devido a diferenças musicais que não podiam ser ultrapassadas. Liv Kristine Espenæs, diz, por seu lado, que foi despedida via e-mail, sem ter sido informada pessoalmente pelos restantes membros da banda.
Em 2004 a cantora Nell Sigland junta-se à banda.
A banda lança o álbum Storm em Março de 2006, seguindo-se uma turné europeia. Neste álbum, a banda aproxima-se mais do género dos seus primeiros álbuns.
Em 2009 é lançado o álbum Forever Is the World, com uma forte influência dos primeiros álbuns, contendo alguns vocais guturais do vocalista Raymond, e tendo algumas músicas com o mesmo estilo dos álbuns StormMusique e Aégis.
Em Fevereiro de 2010, foi anunciado o fim da banda para 2 de Outubro de 2010, seu aniversário de 18 anos.
"Após quase 17 anos de existência Theatre of Tragedy decidiu encerrar as atividades.
Esta não foi uma decisão fácil de ser tomada e temos pensado sobre isso por um longo tempo. Nós finalmente concordamos com ela durante a produção do nosso mais recente álbum 'Forever is the World'".
Em setembro de 2010 a banda pede ajuda monetária para levantar fundos para o seu novo DVD.

Álbuns


Membros


Antigos
  • Liv Kristine Espenæs Krull - Vocal
  • Tommy Lindal - Guitarra
  • Tommy Olsson - Guitarra
  • Pål Bjåstad - Guitarra
  • Geir Flikkeid - Guitarra
  • Erik T. Saltrø - Baixo

Para mais informações
http://www.theatreoftragedy.com/



Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Santuário do Metal - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Raquel Alves.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo