Você conhece a banda Leaving Eden?

Leia mais

Novo vídeo da banda Kamelot: Liar, liar

Leia mais

Novo vídeo da banda Angra

Leia mais

06 fevereiro 2013

Roy Khan


Roy Sætre Khantatat  é um cantor norueguês. Mais conhecido como Roy Khan, ou simplesmente Khan, é o ex-vocalista da banda de symphonic metal estadunidense Kamelot
Antes de entrar para o reino dos vocalistas de rock, Khan estudou para ser um cantor de ópera na Noruega, por três anos. 
Em 1997,ROY pertencia a uma banda de metal progressivo chamada Conception, assumindo o posto após Mark Vanderbilt sair da banda em 1998. Ele co-escreveu muitas músicas com o guitarrista e fundador da banda, Thomas Youngblood
Khan é considerado pela crítica mundial como uma das mais belas vozes do planeta onde, de forma assustadora transita entre os graves e agudos de forma magistral e dinâmica e dono de uma interpretação profundamente particular.
Em 21 abril de 2011 foi anunciada sua saída do Kamelot. O motivo seria a conversão religiosa de Khan.
Atualmente encontra-se aposentado do meio musical.





A Assombração (Algum Lugar No Tempo)

Meramente o som de sua voz
Me fez acreditar que você fosse ela
Assim como o rio perturba minha paz interior

Uma vez eu acreditei que pudesse achar
Só um traço da sua amada alma
Uma vez eu acreditei que ela fosse tudo
Então ela sufocou minhas crenças

Uma noite fria de inverno
Eu posso seguir a voz dela até o rio
Deixe-me agora e para sempre
Parta enquanto você pode...

[refrão]
Em algum lugar no tempo
Eu te encontrarei e te assombrarei novamente
Como o vento varre a terra
Em algum lugar no tempo
Quando não restar nenhuma virtude para defender
Você cai profundamente

Eu era um mentiroso em cada discussão
Eu governo as forças que abasteceram o seu ódio
Quando o frio no meu coração partir,
Chega ao fim
E em silêncio irei dormir
Those eyes. Those eyes.
Excuse me while I melt in his eyes. 
Como pôde aquela primeira vez repetir-se
Quando as lembranças tardam?
O que me fez pensar que você fosse ela?
Helena está morta para todos, morta para todos

Nada pode trazê-la de volta à vida
Não finja que eu iria te amar
Uma vez que acreditei que ela se foi
Mas eu estou corrompido por dentro

Deixe, deixe-me agora e para sempre
Deixe o que você puder

[refrão]
Em algum lugar no tempo
Eu te encontrarei e te assombrarei novamente
Como o vento varre a terra
Em algum lugar no tempo
Quando não restam virtudes para defender
Você cai profundamente

Eu era um mentiroso em cada discussão
Eu governo as forças que abasteceram o seu ódio
Quando o frio no meu coração partir,
Chega ao fim
E em silêncio irei dormir

(ariel)
Siga-me em direção à luz
Deixe-me esta noite
Eu fui longe demais para começar tudo outra vez
Com alguém como você

(marguerite)
Como gelo em um lago de lágrimas
Eu te levarei continuamente
A vida esmorece novamente
Com alguém como você

[refrão]
Em algum lugar no tempo
Eu te encontrarei e te amarei novamente
Como o vento varre a terra
Em algum lugar no tempo
Quando não restam virtudes para defender
Você cai profundamente

Eu era um mentiroso em cada discussão
Eu governo as forças que abasteceram o seu ódio
Quando o frio no meu coração partir,
Chega ao fim
E em silêncio irei dormir

Dormir

4 comentários:

  1. Khan faz falta, devia voltar com um trabalho solo!

    Gabriel

    ResponderExcluir
  2. Tbm concordo contigo. Pelo o que eu soube, ele tá cantando música gospel. Tem até um vídeo do youtube onde ele canta numa espécie de igreja

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que esse vídeo é um onde ele canta A Sailorman's Hymn, que é uma música de um álbum antigo do Kamelot. Neste ele está cantando num casamento

      Excluir
    2. Ahhh :-) me manda os links dos vídeos

      Excluir

© Santuário do Metal - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Raquel Alves.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo