Você conhece a banda Leaving Eden?

Leia mais

Novo vídeo da banda Kamelot: Liar, liar

Leia mais

Novo vídeo da banda Angra

Leia mais

04 agosto 2012

Orphanage


Em 1993 Orphanage foi formado por Lex Vogelaar (guitarra e vocais), Guus Eikens (teclados e vocais) e Stephen van Haestregt (bateria). Depois de gravarem a primeira demoMorph, recrutaram o baixistaEric Hoogendoorn e a vocalista Martine van Loon. No ano seguinte é lançada outra demo Druid. Em Abril o vocalista George Oosthoek junta-se à banda, enquanto Stephen van Haestregt desiste. A banda assina contrato com a editora DSFA Records.

No início de 95 a banda acaba de gravar o seu primeiro álbum e pouco depois o baterista Erwin Polderman junta-se à formação. Em Maio Rosan van der Aa substitui Martine van Loon e a banda parte em tour com a banda My Dying Bride.

No final de 96 Orphanage lança o seu segundo álbum By Time Alone. O ano seguinte é de muito trabalho para a banda: lançam o mini-álbum At The Mountains Of Madness, que contém remixes e músicas ao vivo. Em Maio a banda toca no palco principal do Dynamo Open Air festival. De seguida a banda sai em digressão com as bandas Sodom, Grip Inc. e Kreator, onde participa em vários festivais: Best On The Rocks, Graspop e Lowlands. Em Novembro a banda saem em tour com Within Temptation e Totenmond. Entretanto o baixista Eric Hoogendoorn e o baterista Erwin Polderman juntam-se à banda Silicon Head.


No início de 1999 a banda começa a gravar um novo álbum, mas devido aos sucessivos concertos, só em Setembro a banda volta a entrar em estúdio.
No ano seguinte a formação altera-se: Sureel substitui Erwin Polderman e em Agosto a banda apresenta Inside. Apenas 10 semanas depois deste lançamento Hoogendoorn e Vogelaar deixam a banda. Guus Eikens encarrega-se da guitarra, Remko van der Spek torna-se baixista e Lasse Dellbrügge teclista.



Depois de passar um ano em mini-tours, a banda faz uma pequena pausa para se concentrar no próximo álbum. George Oosthoek torna-se no novo vocalista da banda Pleurisy.
Em Abril de 2004 é lançado o último álbum da banda Driven. Este álbum combina gothic metal com death metal e melodias. Lasse abandona a banda e Guus Eikens volta ao teclado.

Em 2005 juntam-se à banda os guitarristas Theo Holheimer e Marcel Verdurmen. Em Outubro, depois de 11 anos, a banda decide separar-se devido a divergências musicais.
Membros:



Discografia








Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Santuário do Metal - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Raquel Alves.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo