Você conhece a banda Leaving Eden?

Leia mais

Novo vídeo da banda Kamelot: Liar, liar

Leia mais

Novo vídeo da banda Angra

Leia mais

03 julho 2012

Amy Lee


Durante o ano de 2003, a banda Evanescence estourou nas paradas musicais com seu álbum de estréia, Fallen. Naquela época, eu vivia meus dramas de adolescente rejeitada pelos mauricinhos e filhinhos de papai e humilhada pelas garotas populares porque eu era inteligente e tímida. Eu tinha que me apegar a alguma coisa, a alguém, que servisse de válvula de escape para o meu mundo real. E aceitei mergulhar de cabeça ao som dark, hipnótico e baladas tristes do Evanescence, quando ouvi pela primeira vez os seus hits tocarem na rádio local de minha cidade. Fui pesquisar sobre a  banda e me apaixonei por Amy Lee e por sua história de vida. Não é fácil ser diferente, porque o diferente causa repulsa na sociedade hipócrita e miserável em que vivemos. Quando os 'demônios interiores' insistiam em me levar para baixo, em me afundar na lama da miséria de minha existência, o Evanescence e suas músicas salvaram minha vida. Adoro Amy! Vida longa ao Evanescence! Vida longa a minha amada Amy ;-)

Amy Lynn Hartzler, popularmente conhecida apenas como Amy Lee (Riverside13 de dezembro de 1981) é uma cantoracompositora emusicista americana, além de co-fundadora da banda de metal alternativo Evanescence. Ela cita influências musicais que vão desde músicos clássicos como Mozart aos moderno como BjörkTori AmosDanny Elfman e Plumb. Lee participou de vários projetos paralelos musicais sem o Evanescence, ela fez participações e colaborações com as bandas Korn e Seether e com o ex-integrante do EvanescenceDavid Hodges, Recentemente lançou a musica "Halfway Down the Stairs" para o álbum tributo aos Muppets. Lee é representante internacional da campanha Out of the Shadows, que cuida de pessoas com epilepsia




Biografia - primeiros anos

Filha de John Lee, um DJ e personalidade da televisão e de Sara Cargill. Tem um irmão, Robbie, e duas irmãs, Carrie e Lori. Lee teve uma irmã que morreu em 1987 aos 3 anos de uma doença não identificada. Foi relatado que a música "Hello", do álbum Fallen foi escrita em homenagem a sua falecida irmã, bem como a música "Like You" de The Open Door.
Lee teve aulas de piano durante nove anos. Sua família mudou-se para vários lugares, incluindo Flórida e Illinois, e acabaram por se instalar em Little RockArkansas, onde o Evanescence nasceu. Frequentou Middle Tennessee State University para estudar teoria musical e composição, e forçá-la a focar Evanescence.


Em uma entrevista com Lee diz que as primeiras músicas que ela se lembrou de escrever eram chamados de "Eternity of remorse" e "A Single Tear". O primeiro foi escrito quando tinha onze anos e queria ser uma compositora clássico, e o segundo foi para uma sessão quando estava na oitava série.

Noivado e Matrimônio
Lee revelou durante uma transmissão ao vivo do episódio MuchMusic a 9 de janeiro de 2007, do Live @ Much, que tinha ficado noiva na noite passada. Mais tarde confirmou no EvThreads.com que Josh Hartzler, 
um terapeuta e amigo de longa data, propôs casar-se com a ela. Afirmou numa entrevista que as canções "Good Enough" e "Bring Me to Life" foram inspirados por ele. Se casaram em 6 de maio de2007 e sua lua de mel foi nas Bahamas. Mais tarde, a cantora colocou no EvThreads que ela era "agora oficialmente Mrs. Amy Hartzler".




Carreira e o Evanescence


Amy Lee fundou a banda Evanescence juntamente com Ben Moody quando se conheceram num acampamento para jovens. Ben (com quatorze anos) estava assistindo uma partida de basquete quando ouviu Amy (com treze anos), tocando e cantando "I'd Do Anything For Love (But I Won't Do That)" de Meat Loaf no piano. Logo começaram a conversar; Amy mostrou a Ben algumas composições de sua autoria, eles concluíram então que tinham a mesma tendência musical. Assim, Ben convenceu Amy a formarem uma banda, surgiu então o Evanescence que mistura elementos de rock com música clássica, e anos depois isso se tornou o seu grande influencial. 



A banda, que até aquele momento era formada por apenas Ben, que fazia guitarras, baixo e arranjos eletrônicos; e Amy, responsável pelo piano e vocais; passaram por vários nomes como Childish Intentions e Strycken até resolverem chamar a banda de Evanescence, que significa "desaparecimento" (do verbo latino "evanescere", que significa "desaparecer").O nome agradou Lee, porque segundo ela "é misterioso e sombrio, e coloca uma imagem na mente das pessoas".


Em 22 de outubro de 2003, a Moody deixou a banda alegando "diferenças criativas". Em uma entrevista meses depois, Amy diz, "... Tínhamos chegado a um ponto em que se algo não mudar, não teríamos sido capazes de fazer um segundo álbum, "Ele disse:" Somos, finalmente, uma banda real, não apenas Ben Moody e eu e alguns outros juntos" O ex-guitarrista do Cold, Terry Balsamo substituiu Moody da banda, tanto na guitarra como um compositor com Lee.

Projeto solo
Numa entrevista dada em outubro de 2008 ao Spin.com, Lee disse que estava a escrever novas canções, possivelmente para o lançamento de um álbum a solo. Citou o folk e música celta como influências e que pretendia voltar às antigas raízes. Não forneceu dados mais detalhados, mas que queria demonstrar que "era mais do que um pónei" e que não eram todas músicas tristes.


Igualmente em outubro do mesmo ano, Lee deu uma entrevista ao The Gauntlet em que disse que não sabia se ia ou não iniciar uma carreira a solo, que estava "num ponto em que não sabia o que viria a seguir". 


Disse ainda que a sua banda estava junta mas que as digressões eram monotonas. Falou ainda que estava escrevendo novas canções, mas que ainda não sabia para que finalidade eram.



Em meados de 2009 e 2010, gravou a música "Halfway Down the Stairs" para o álbum tributo aos Muppets como um aperitivo do novo álbum do Evanescence, a música conta com efeito eletrônicos que ela citou em várias entrevistas.
Influências musicais
Amy diz que as suas influências passam pela música clássica como Mozart, até a artistas atuais como PortisheadBjörkTori AmosDanny ElfmanDepeche ModeBat for Lashes,MGMTLa RouxNine Inch NailsRadiohead e Plumb.








Imagem

Lee tem um estilo reconhecível, marcado pelo uso ocasional de maquiagem gótica e gosto por roupas de estilo victoriano. Ela também desenha suas próprias roupas, incluindo as utilizadas no vídeo da música "Going Under", o vestido que ela usou nos 





Grammy Awards de 2004 e o vestido usado para a capa do The Open Door. Depois de desenhar, escolheu estilista japonês H. Naoto. Muitos fãs apoiam Lee na sua recusa de explorar o seu sex appeal na sua música.
Em 2006, a revista Blender colocou Amy na lista das mulheres mais sensuais no rock, junto com Joan JettCourtney Love e Liz Phair.




Caridade

"Out of the Shadows" é uma campanha para a compreensão da epilepsia e ajuda aos milhões de portadores da sindrome. É uma campanha patrocinada pela Epilepsy Foundation.
Em 2010, se juntou na campanha da Restore NYC , que é contra o tráfico sexual de mulheres na cidade de Nova York. A campanha arrecadou 125 mil dólares.

OBS: link de fotos exclusivas da infância e adolescência de minha amada Amy


"Quando você chorou, eu enxuguei todas as suas lágrimas
Quando você gritou, eu lutei contra todos os seus medos
E eu segurei sua mão por todos estes anos
Mas você ainda tem tudo de mim"



"Não deveria ter deixado me torturar tão docemente
Agora eu não consigo acordar deste sonho
Eu não consigo respirar mas me sinto boa o bastante
Me sinto boa o bastante para você"


"Meu coração está partido
Doce sono, meu anjo negro
Livrai-nos de permanecer na tristeza"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Santuário do Metal - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Raquel Alves.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo